Economia

Ajudas da TAP à Groundforce têm servido para pagar salários 

Trabalhadores da Groundforce sem receber salários de fevereiro.  

A Groundforce não tem dinheiro para pagar os salários do mês de fevereiro. A empresa está à espera que o Estado aprove garantias para um empréstimo bancário, o que só deverá acontecer nas próximas duas semanas.

Os quase 2.400 trabalhadores recebem o vencimento no penúltimo dia útil de cada mês. Ou seja, teriam de ter recebido na quinta-feira. Não só isso não aconteceu, como foram informados de que a empresa está sem liquidez.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes de Portugal, a Groundforce era até julho do ano passado uma empresa sustentável com lucros. Desde essa altura que a empresa tem sobrevivido com a ajuda da TAP.

O grupo, além de ter uma posição de 49,9% na Groundforce, é também cliente da empresa. Os pagamentos adiantados da TAP têm sido usados para pagar salários, mas este mês a companhia aérea disse que já não podia ajudar.