Economia

Desdobrar escalões do IRS pode tornar o sistema mais justo?

Fiscalista Rogério Ferreira Fernandes explica o que poderá acontecer aos contribuintes.

O Governo quer desdobrar o terceiro e o sexto escalões do IRS. Questionado sobre se o objetivo deste desdobramento é tornar o sistema mais justo, o fiscalista Rogério Ferreira Fernandes explica que tudo depende da forma como se mexe nos escalões.

“Pode ser mais justo ou menos justos, pode aumentar ou diminuir. Se se considera que desdobrar os escalões mantendo as mesmas taxas em cima e em baixo, é óbvio que diminui os impostos e nesta perspetiva todos concordaremos que será mais justo porque vai diminuir o imposto, mais ou menos, em termos genéricos em todos os contribuintes”, explica o fiscalista à SIC Notícias.

► Veja mais: