Economia

Um carregador único para combater o desperdício e o lixo eletrónico

A proposta de Bruxelas precisa ainda de luz verde dos vários países europeus.

Para combater o desperdício e o lixo eletrónico, a União Europeia pretende que só exista um carregador, único, para todos os telemóveis e tablets de todas as marcas.

Se há 10 anos havia 30 modelos diferentes no mercado, hoje são apenas três, mas a Comissão Europeia quer reduzir para um único, apto para todos os equipamentos eletrónicos, qualquer que seja a marca.

Bruxelas quer obrigar os fabricantes a adotar um carregador universal do tipo USB-C, que atualmente não é compatível, por exemplo, com os iPhones.

Um carregador padrão facilita a vida aos consumidores e reduz o lixo eletrónico em mil toneladas por ano.

A proposta de Bruxelas precisa ainda de luz verde dos vários países europeus e prevê um período de dois anos para os fabricantes se adaptaram.

Veja também: