Economia

Administrador financeiro da TAP renuncia ao cargo

João Weber Gameiro assumiu o cargo em junho.

João Weber Gameiro, que assumiu o cargo de administrador financeiro da TAP em junho, apresentou esta quinta-feira a renúncia ao cargo.

O processo de seleção do sucessor já começou. Até ser encontrado um novo administrador, a função "será assegurada, com natureza interina, por Gonçalo Monteiro Pires, membro do Conselho de Administração".

"Motivos pessoais imprevisíveis"

Em comunicado conjunto, "o Ministério das Finanças e o Ministério das Infraestruturas e da Habitação informam que João Weber Gameiro apresentou na quinta-feira a renúncia ao cargo de administrador financeiro da TAP", adiantando que, nos termos do Código das Sociedades Comerciais, a renúncia ao cargo implicará a sua saída da empresa até 31 de outubro.

"Lamentando que, por motivos pessoais imprevisíveis, a colaboração na gestão da TAP tenha sido interrompida, os ministros de Estado e das Finanças, João Leão, e das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, agradecem o trabalho desenvolvido por João Weber Gameiro", lê-se no comunicado.

Renúncia apresentada por carta remetida no dia 30 de setembro

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a TAP adianta que a renúncia foi apresentada por carta remetida no dia 30 de setembro ao presidente do Conselho de Administração.

Na sequência desta renúncia, "o Conselho de Administração da TAP deliberou: Alterar a composição da Comissão Executiva da TAP, mediante a substituição do administrador cessante pelo administrador Senhor Dr. Gonçalo Neves da Costa Monteiro Pires, com produção de efeitos a 15 de outubro de 2021".

Em 26 de agosto, a TAP designou João Weber Gameiro como representante para as relações com o mercado, em substituição de Alexandra Vieira Reis, segundo foi comunicado à CMVM.

Leia mais: