Economia

"Melhor negócio do mundo é uma refinaria bem gerida, segundo melhor é uma refinaria mal gerida"

Opinião

José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite e comentou a subida do preço dos combustíveis e o seu impacto na sociedade.

José Gomes Ferreira considera o aumento do preço do gasóleo e da gasolina algo negativo, mas "crónico na nossa história", criticando as margens obtidas pelas empresas de comércio de combustíveis.

"Os impostos são muito elevados nos combustíveis, aliás, isto é crónico na nossa história, porque os Governos aplicam impostos sobre aquilo que conseguem mais facilmente controlar do ponto de vista do recebimento do imposto", diz.

De acordo com José Gomes Ferreira, "a decisão tem efeito marginal" e "o efeito, na próxima segunda-feira, com a subida do preço, continua lá incorporado, mas o preço no final acabará por ser ainda maior".

Também a forma como as empresas lidam com esta subida de preços é alvo de críticas pelo comentador da SIC.

"Se o imposto é muito elevado sobre os combustíveis, as distribuidoras querem sobretudo que se discuta o imposto e nunca querem que se discuta a sua margem, e a sua margem é um escândalo", aponta.

De acordo com José Gomes Ferreira, "a Entidade Nacional de Serviços Energéticos fez um estudo em que mostra que, durante a pandemia, as margens brutas da comercialização dos combustíveis subiram muito mais que antes", num momento em que, de acordo com o comentador, "as pessoas perderam rendimentos e precisavam era de ajuda".

Veja também:

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias