Economia

Preço da botija de gás é o dobro do preço de referência

Loading...
Governo limita o preço, pelo menos, até 31 de outubro.

O Governo estabeleceu limite máximo ao preço de venda das botijas de gás, medida em vigor até, pelo menos, ao final de outubro. Atualmente, o valor médio de venda de quilos de gás é mais do dobro do preço de referência.

Uma garrafa de gás de 11 quilos pode custar no máximo 29 euros e 106 cêntimos, depois da limitação de preço por parte do Governo.

O Governo viu-se obrigado limitar os preços de gás de botija até final de outubro. Se o mercado continuar a praticar preços altos, o Governo volta a aplicar a medida.

O que não é tão fácil explicar é como é que o preço de referência por quilos de gás é de 1,09 € e a venda é feita 2,25 €, ou seja, mais do dobro.

O consumidor final pede, por isso, mais coragem ao Governo.

Com a limitação no teto máximo do preço, o Governo garante uma poupança de praticamente 3€ nas botijas de gás pequenas e mais de 6 nas botijas de 45 kg. As margens de lucro estão limitadas até 31 de outubro. Mas mesmo assim o cliente final na hora de pagar sabe que entre o valor de referência e o valor de venda é mais do dobro.

Últimas Notícias
Mais Vistos