Economia

Pobreza: algumas instituições e projetos que ajudam famílias pelo país

Loading...
Da alimentação à saúde e à estética, estes são alguns exemplos de como quem mais precisa pode ter ajuda.

Milhares de pessoas dependem de ajuda para comer. As instituições tentam dar resposta, mas são cada vez mais os pedidos e a procura de serviços diversificados.

A inflação está a deixar muitas famílias sem conseguir colocar comida na mesa

O Banco Alimentar contra a fome ajuda cerca de 400 mil famílias, em Portugal. já a Cáritas, além dos cabazes serve e entrega refeições.

Os pedidos dispararam, sobretudo de imigrantes que não conseguem encontrar trabalho

Doar alimentos e roupa são projetos sociais de maior impacto, mas há outros.

O contacto da Clínica Social traz uma boa notícia: com o aumento do custo de vida, a saúde vai ficando para trás. O trabalho de 29 voluntários, permite assegurar tratamentos dentários a baixo custo.

Desde 2015, quando foi criada a clínica em Setúbal, já foram tratadas mais de 1.800 pessoas.

No Funchal, a baixa autoestima levou a autarquia a apostar na formação de uma voluntária para pintar e cuidar de cabelos. O "Espelho Meu" está aberto para todos. O valor faturado reverte para promover o bem-estar de quem não tem dinheiro para cuidar de si.

Últimas Notícias