Economia

Baixa execução do PRR: só foram pagos 6% dos 16 mil milhões de euros

Baixa execução do PRR: só foram pagos 6% dos 16 mil milhões de euros
Jim Dyson

Governo anunciou que os pagamentos já ultrapassaram barreira dos mil milhões de euros.

Dos 16 mil milhões de euros contratados no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), foram pagos pouco mais de mil milhões, o que representa apenas 6% do montante global.

Na semana passada, a ministra da Presidência avançou no Parlamento que já foram alocados 58% do total dos fundos e que em janeiro o governo vai começar as negociações com a Comissão Europeia para a revisão do PRR.

"Desde ontem [quinta-feira] ultrapassámos a barreira dos mil milhões de euros pagos em matéria de PRR e temos neste momento mais de 58% do total ds fundos do PRR alocados, contratados no seguimento de concursos", disse Mariana Vieira da Silva. “Isto significa um avanço maior na execução do PRR que vai prosseguir nos próximos meses”.

Até setembro, Portugal terá recebido 31% da dotação do PRR, mais de 5 mil milhões de euros, mas às empresas, às entidades estatais, empresas públicas e privadas ou famílias chegou pouco mais de um quinto do valor já recebido.

De acordo com o relatório de monitorização da chamada “bazuca europeia” até novembro, a taxa de execução do PRR para a transição digital é a menos má, está nos 15%.

PRR para Portugal disponibiliza 16,6 mil milhões de euros

O PRR para Portugal foi aprovado em junho de 2021 e disponibiliza um montante de 16,6 mil milhões de euros em recursos, que corresponde a cerca de 13,9 mil milhões de euros de subvenções, a que acrescem empréstimos no montante de 2,7 mil milhões de euros, com execução até 2026.

Portugal recebeu o primeiro pagamento do PRR, no total líquido de 1,2 mil milhões de euros (553 milhões de euros de subvenções e 609 milhões de euros de empréstimos) em 09 de maio.

Em setembro, foi submetido o segundo pedido de pagamento, de 1,8 mil milhões de euros líquidos, que será agora sujeito a avaliação da Comissão Europeia.

Somando o adiantamento recebido em agosto de 2021, assim que se concretizar o segundo pagamento, Portugal terá recebido 31% da dotação do PRR, ou seja, o total acumulado de 5.141 milhões de euros, segundo a nota explicativa do Ministério da Presidência que acompanha a audição.

Últimas Notícias
Mais Vistos