Economia

Ovos já começam a faltar nas prateleiras e ameaçam iguarias de Natal

Loading...

Inflação e gripe aviária na Europa estão a levar à escassez.

O preço dos ovos disparou por causa da inflação e devido à escassez em toda a Europa com a gripe aviária. Os produtores temem mesmo que faltem ovos no Natal.

Numa altura em que já se começa a notar a escassez de bens alimentares nas prateleiras, o setor dos ovos é um dos que atravessa um momento de crise.

Num ano em que a Europa registou a pior época epidémica de sempre em termos da gripe aviária, a oferta reduziu significativamente e há dificuldade em dar resposta à procura.

Com a inflação, também os custos de produção vieram acentuar o contexto de crise. Em Ferreira do Zêzere está sediado um dos três maiores produtores de ovo no país que, no conjunto, detêm cerca de 80% da produção nacional.

Com uma produção diária de dois milhões de ovos, a subida das rações das galinhas é um dos obstáculos ao negócio.

Com um cenário de incerteza, a única garantia dada por um dos maiores produtores nacionais é a de que não haverá mais subidas no preço, pelo menos até ao final do ano.

Últimas Notícias
Mais Vistos