Abusos na Igreja Católica

Papa Francisco assume que a igreja está a "trabalhar como pode" nos casos de abusos sexuais

Papa Francisco assume que a igreja está a "trabalhar como pode" nos casos de abusos sexuais
YARA NARDI
O Papa referiu ainda que apesar "da tentação de transigir", a vontade da igreja é esclarecer tudo.

O Papa Francisco assegurou este domingo que a igreja está a "trabalhar da melhor maneira possível" para combater os abusos sexuais, lamentando que alguns ainda não vejam isso.

"Para um padre, o abuso [sexual] é como ir contra a sua natureza sacerdotal e contra a sua natureza social. Por isso, é uma coisa trágica e não devemos parar de combater esse flagelo", disse o Papa durante uma conferência de imprensa no avião, no regresso do Bahrein.

E acrescentou: "estamos a trabalhar da melhor maneira possível, mas há pessoas dentro da igreja que ainda não têm clareza sobre isso [...]. É um processo que estamos a realizar com coragem e nem todos têm essa coragem".

O Papa referiu ainda que apesar "da tentação de transigir", a vontade da igreja é esclarecer tudo.

"A igreja deve envergonhar-se das coisas ruins, enquanto agradece a Deus pelas coisas boas que faz", sublinhou.

Últimas Notícias
Mais Vistos