Afeganistão

Mulher de militar que morreu no ataque em Cabul dá à luz 

Jill Miller Crayton

Rylee McCollum foi um dos militares norte-americanos que morreu no ataque junto ao aeroporto de Cabul, no Afeganistão.

A viúva de um dos militares norte-americanos que morreu no ataque junto ao aeroporto de Cabul, no Afeganistão, deu à luz na segunda-feira a uma menina.

Quase um mês depois, Jiennah Crayton deu à luz Levi Rylee Rose McCollum, no Hospital Naval Camp Pendleton, no sul da Califórnia, de acordo com uma publicação no Facebook da avó materna, Jill Miller Crayton.

Numa outra publicação, Jill Crayton considerou que a neta foi uma "luz brilhante" que chegou após "semanas de tristeza".

Rylee McCollum foi um dos 13 militares do exército dos Estados Unidos que morreram no ataque, reivindicado pelo Daesh-K, a 26 de agosto, junto ao aeroporto de Cabul, que fez outros 169 mortos.

Na sexta-feira passada, centenas de pessoas homenagearam McCollum, nas ruas de Jackson, depois dos restos mortais do militar chegarem do Afeganistão.

Amber Baesler

De acordo com o New York Post, muitas das pessoas vieram de cidades vizinhas, algumas a várias horas de distância, para prestar homenagem.

Desde a morte do militar, várias campanhas de angariação de fundos conseguiram arrecadar mais de 900 mil dólares (cerca de 761 mil euros) para ajudar a viúva e a filha que acabou de nascer.

Leia mais: