Afeganistão

Talibã anunciam que raparigas vão poder regressar à escola no Afeganistão

Não disseram, no entanto, quando isso acontecerá.

O Governo talibã anunciou esta terça-feira que as raparigas vão poder voltar à escola, no Afeganistão. Não disseram quando isso acontecerá, mas garantiram que estão a trabalhar para que seja o mais brevemente possível.

Os rapazes já regressaram às escolas no sábado passado, depois de várias semanas de interrupção, enquanto as famílias receberam ordens para deixarem as filhas em casa. Uma decisão que já mereceu duras críticas por parte do ex-Presidente afegão, Hamid Karzai.

Entretanto, foram nomeados vários ministros, completando a formação do Executivo, que não inclui qualquer mulher. Foi também extinto o Ministério para os Assuntos das Mulheres.

Ao mesmo tempo, e porque o Afeganistão enfrenta uma séria crise humanitária, que não vai conseguir resolver sem ajuda internacional, começaram já as reuniões com os mais altos representantes das grandes agências internacionais.

Esta terça-feira, esteve em Cabul o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, que se encontrou com vários membros do Governo para discutir a melhor forma de garantir cuidados de saúde para os milhões de afegãos que, na sua maioria, nem sequer têm acesso a um médico ou hospital.

Os talibã assumiram o controlo do país a 15 de agosto, quando tomaram o poder na capital do, Cabul, depois da retirada dos militares norte-americanos que estavam no Afeganistão desde 2001.

Veja também:

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias