Ataques em Paris

Detido na Alemanha suspeito de envolvimento nos ataques em Paris em 2015

Philippe Wojazer

130 pessoas morreram no atentado.

Um cidadão da Bósnia, suspeito de ligações a assaltantes do Daesh dos ataques de 13 de novembro de 2015 em Paris, foi detido na semana passada na Alemanha, anunciou hoje a polícia alemã.

O homem de 39 anos, cuja identidade não foi revelada pelas autoridades alemãs, foi detido na noite de 19 para 20 de junho.

Segundo as autoridades, "o suspeito tem um mandado de prisão das autoridades belgas pelo alegado apoio a uma organização terrorista com ligações aos ataques terroristas na sala de espetáculos Bataclan, em Paris."

As autoridades conseguiram encontrar-lhe o rasto em fevereiro após a detenção em Dresden, na Saxónia, de dois outros cidadãos da Bósnia num caso de tráfico de granadas.

Em 13 de novembro de 2015, três comandos jihadistas do Daesh mataram 130 pessoas e feriram mais de 350 nos ataques na sala de espetáculos de Paris Bataclan (90 mortos), bares e restaurantes (39 mortos) e perto do Estádio de França (um morto).

A investigação revelou uma célula do Daesh com ramificações em toda a Europa, principalmente na Bélgica.

Lusa

  • "Mariorias absolutas servem para proteger corrupção"
    1:57