Autárquicas

Suzana Garcia diz que vai "resgatar" votos ao Chega na Amadora

A comissão política do PSD na Amadora garante que não tem interesse em fazer coligações com o partido de André Ventura.

A candidata do PSD à Amadora diz que dialogar com todos os partidos não significa que fará acordos com o Chega. Suzana Garcia afirma ainda que não acredita que o partido de André Ventura tenha vereadores. O PSD garante que não há, nem vai haver, negociações com o Chega.

A comissão política da Amadora já tinha vindo dizer, através de um comunicado, que não tem interesse em fazer coligações eleitorais com o Chega e que esse é um assunto encerrado na candidatura.

Susana Garcia, confirmada esta semana pela direção de Rui Rio como cabeça de lista à Câmara da Amadora, diz à SIC que tem todo o apoio do PSD. Está convicta que será presidente de Câmara e, nesse sentido, irá trabalhar com todos os partidos que elegerem vereadores. Até porque, garante a candidata, essas negociações têm lugar na comissão política e acontecem, neste momento, com o CDS.

Da parte dos centristas, Francisco Rodrigues dos Santos lembra o acordo entre os dois partidos e sublinha que tanto o CDS como o PSD não admitem entendimentos com o partido de Ventura nas próximas autárquicas.