Eleições Autárquicas

PS e Livre concorrem coligados a Lisboa

Rui Tavares ficam nos seis primeiros lugares da lista.

Fernando Medina e Rui Tavares assinaram esta segunda-feira o acordo entre o Partido Socialista e o Livre para concorrerem em coligação à Câmara de Lisboa. O fundador do Livre vai ficar nos primeiros seis lugares da lista.

Rui Tavares admitiu que as negociações foram longas e só ficaram fechadas nos últimos dias. Os problemas que Fernando Medina teve com a partilha de dados de ativistas russos não impediram o acordo, que prevê que o fundador do Livre fique responsável pelos direitos humanos em caso de vitória.

PS e Livre seguem juntos na candidatura à capital. À coligação "Mais Lisboa" vão ainda juntar-se dois movimentos com o objetivo de unir esforços para tentar vencer a autarquia nas eleições de setembro.