Eleições Autárquicas

O "mérito de Carlos Moedas" e o "demérito" de Medina

Análise de Pedro Marques Lopes e Daniel Oliveira.

Há um empate técnico entre Fernando Medina (PS) e Carlos Moedas (PSD) na corrida à Câmara de Lisboa, de acordo com a sondagem da SIC.

Pedro Marques Lopes diz que o resultado é mérito de Carlos Moedas, que conseguiu juntar o eleitorado do PSD e CDS, e demérito de Fernando Medina que criou a perceção de que venceria facilmente.

"Mesmo que Fernando Medina ganhe a Câmara, há um demérito porque acabou por não conseguir o objetivo", referiu o comentador da SIC.

Questionado sobre o que faria Moedas com o capital político ganho nestas eleições autárquicas, Daniel Oliveira afirmou que se vencer, fará algo enquanto Presidente da Câmara, e se não vencer, "quem fará é Rui Rio".

"O ideal (para Rui Rio) era este resultado com Moedas a não ganhar, porque teria um combate entre PS e PSD e não teria Carlos Moedas à perna."

Relativamente ao Porto, Pedro Marques Lopes destaca a perda da maioria absoluta de Rui Moreira, fruto de "pensar que estava ganho" e de "um desgaste natural". O comentador da SIC salientou os maus resultados do Partido Socialista, depois de "uma brincadeira que saiu cara", e do Bloco de Esquerda, que poderá conseguir o primeiro vereador de sempre na invicta.

VEJA AQUI OS RESULTADOS DAS AUTÁRQUICAS 2021

ACOMPANHE AO MINUTO A NOITE ELEITORAL

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia