Coronavírus

Doze mortos e 370 casos de Covid-19 em Itália

Há quatro novos casos suspeitos em Portugal.

Especial Coronavírus

O último balanço do surto de coronavírus em Itália dá conta de 52 novos casos em 12 horas. O número de mortos quase duplicou em 24 horas e há doentes em 23 províncias.

OURAD BALTI TOUATI

As autoridades reforçaram as medidas de prevenção em todo o país para tentar conter a propagação do vírus.

Surto está a afastar clientes do bairro chinês de Milão

No norte de Itália, as autoridades fazem tudo para tentar travar a propagação do vírus. O surto está já a afetar a comunidade chinesa que vive e trabalha na região de Milão.

A reportagem é dos enviados SIC a Itália, João Nuno Assunção e Jorge Guerreiro

Quatro novos casos suspeitos em Portugal

Dois estão internados no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, revelou na Edição da Noite da SIC Notícias o diretor do Serviço de Doenças Infeciosas desse hospital.

Ao que a SIC apurou, outros dois doentes estão no Hospital de São João, no Porto, por suspeitas de infeção pelo coronavírus.

Em todos os casos, tratam-se de pessoas que terão estado recentemente em Itália.

Português infetado pede ao Governo que não o abandone

Adriano Maranhão disse esta quarta-feira estar bem e elogiou o Governo, mas pediu para que não o abandonem.

O português, infetado no Japão com o Covid-19, voltou a fazer testes. Dentro de dois a três dias, serão feitos novos exames.

Portugueses no Irão sem voo de regresso por causa do coronavírus

Um grupo de portugueses de férias no Irão há duas semanas está a ter dificuldades em regressar a Portugal. À SIC, um dos portugueses contou que a maioria dos voos foram cancelados devido ao surto de coronavírus. De um grupo de oito, apenas três têm voo de regresso porque as companhias aéreas estão a cancelar os voos.

Ricardo Alves diz que tem estado em contacto com a Embaixada Portuguesa e acrescenta que as ruas estão vazias e que o Governo encerrou muitas escolas e locais públicos.

Portugal está preparado para um surto de coronavírus?

O Governo garante que Portugal está preparado para enfrentar um eventual surto de coronavírus. A Direção-Geral da Saúde garante que o plano de contingência está a ser preparado e articulado com instituições de saúde. Porém, ainda não se sabe como funcionará.

Apesar das garantias do Executivo, o CDS pediu para ouvir com urgência a ministra da Saúde no Parlamento.

Sindicatos dos médicos exigem divulgação de Plano de Contingência

Para a Federação Nacional dos Médicos, no dia em que surgir o primeiro infetado por coronavírus em Portugal, "vai ser o pandemónio". Em declarações à SIC, esta quarta-feira, à margem de uma audição na Assembleia da República, João Proença considerou que falta informação clara para que os profissionais de saúde saibam como atuar quando os casos chegarem aos hospitais portugueses.

O Sindicato Independente dos Médicos vai mais longe e, numa nota à comunicação social, defende que "o Ministério da Saúde, em vez de se envolver em atividades de propaganda, devia estar a investir numa forte campanha de comunicação com informação preventiva em saúde, no âmbito da presente ameaça, junto da população".

Veja também: