Coronavírus

Turismo de Portugal e entidades regionais cancelam presença na Bolsa de Turismo de Lisboa

RODRIGO ANTUNES

Evento poderá decorrer noutra data se assim for decidido.

Especial Coronavírus

Num texto enviado na noite desta quarta-feira aos membros do setor, as várias entidades consideram que “não estão reunidas as condições para manter a sua participação na BTL, na próxima semana”.

Assim, os vários stands de turismo e os eventos programados não terão a presença dos portugueses. No texto, o Turismo de Portugal frisa, no entanto, que "cientes da importância" da Bolsa de Turismo de Lisboa - agendada para 11 a 15 deste mês -, estas entidades pretendem manter algumas das ações previstas mas, para já, em formato digital.

O Turismo de Portugal considera assim haver condições para que haja networking e dinamização do setor.

A decisão foi anunciada dois dias depois de a Fundação AIP, proprietária da FIL, ter confirmado a realização da BTL, agora esvaziada dos principais players do mercado turístico português, apesar dos casos confirmados de Covid-19 em Portugal.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou cerca de 3.200 mortos e infetou mais de 94 mil pessoas em 78 países, incluindo cinco em Portugal.

Das pessoas infetadas, cerca de 50 mil recuperaram.Além de 2.983 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para "muito elevado".

Veja também:

  • 3:09