Coronavírus

OMS publica roteiro de luta contra o coronavírus

Um guia para os investigadores de vacinas.

Especial Coronavírus

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou esta sexta-feira a publicação de um guia para os investigadores de vacinas, tratamentos e terapias contra a epidemia Covid-19.

O roteiro de pesquisa e desenvolvimento foi elaborado com dados recolhidos num encontro de mais de 400 especialistas de todo o mundo que se realizou em meados de fevereiro, em Genebra, para analisar a luta contra o novo oronavírus que provoca a doença denominada Covid-19.

"É vital coordenar a investigação para que diferentes equipas em todo o mundo se completem umas às outras, a fim de a OMS poder dar melhores conselhos e de os países tomarem decisões baseadas em evidências que salvem vidas", disse o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em conferência de imprensa.

Ghebreyesus sublinhou que a OMS recebeu, neste sentido, 40 pedidos de aprovação de testes de diagnóstico do vírus, enquanto cerca de 20 laboratórios de todo o mundo procuram uma vacina e estão em desenvolvimento numerosos testes clínicos de tratamentos.

"Recomendamos aos países que a sua prioridade máxima seja a contenção", disse o responsável da OMS, sob a tradicional máxima de que mais vale prevenir do que remediar.

O número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus aumentou para 100.842, das quais 3.456 morreram, em 92 países e territórios, segundo um balanço divulgado pela agência noticiosa France Presse (AFP), com dados atualizados às 17:00 de hoje.

Em Portugal, há 13 pessoas infetadas: nove no Porto, três em Lisboa e uma em Coimbra.

O novo coronavírus surgiu pela primeira vez no final do ano passado em Wuhan, na China, e pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para "muito elevado".

Veja mais: