Coronavírus

Arábia Saudita suspende voos internacionais

ERIK S. LESSER

Medida entra em vigor no domingo para evitar a propagação do novo coronavírus.

As autoridades sauditas anunciaram este sábado que vão suspender a partir de domingo, e durante duas semanas, todos os voos internacionais para evitar a propagação do novo coronavírus, que já provocou 86 casos de contaminação no país.

"O governo do reino anuncia a suspensão dos voos internacionais durante duas semanas (a partir de 15 de março) no quadro dos seus esforços para impedir a propagação do #Coronavirus", escreveu o Ministério dos Negócios Estrangeiros na sua página na rede social Twitter.

Citando o ministério, a agência noticiosa oficial SPA informou que "uma autorização especial será concedida a todos os cidadãos e residentes que sejam abrangidos pela impossibilidade de regressar (à Arábia Saudita) devido à suspensão dos voos ou porque foram colocados em quarentena no seu regresso ao reino".

A medida é a mais recente das ações postas em prática por Riade para conter a pandemia de Covd-19, após a suspensão da peregrinação muçulmana Umrah nas cidades santas de Meca e Medina, que atraem anualmente milhões de devotos.

A suspensão da Umrah suscita a incerteza relativamente à realização da grande peregrinação Hajj, cuja concretização constitui um dos pilares essenciais do Islão, que se realiza no início de julho.

Os números do coronavírus

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.300 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 140 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 112 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, responsável por problemas respiratórios e pneumonias.

SIGA AQUI AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE O SURTO DE COVID-19

Veja também: