Coronavírus

Covid-19: FMI disposto a mobilizar um bilião de dólares

Denis Balibouse

O obejtivo é ajudar países combaterem o impacto económico da Covid-19.

Especial Coronavírus

O Fundo Monetário Internacional (FMI) "está preparado para mobilizar" toda a sua capacidade de empréstimo, um bilião de dólares, para ajudar os países a combaterem "o impacto económico e humanitário" do novo coronavírus, anunciou esta segunda-feira a sua diretora-geral.

"Como primeira linha de defesa, o FMI pode utilizar a sua caixa de ferramentas flexível e de desembolso rápido para ajudar os países com necessidades urgentes da balança de pagamentos", afirmou Kristalina Georgieva num texto divulgado pela instituição.

Os governos, confrontados com a pandemia de Covid-19, devem estimular a economia mundial de forma coordenada se querem estabilizar a situação, sublinhou.

Todas as medidas, "todo este trabalho - quer seja monetário, orçamental ou regulamentar - é mais eficaz quando é efetuado em cooperação", escreveu Kristalina Georgieva.

  • Renovação do estado de emergência decidida hoje

    Coronavírus

    O Governo reúne-se esta tarde em Conselho de Ministros extraordinário no Palácio da Ajuda. Ao que a SIC apurou, o encontro vai servir para analisar os termos da renovação do estado de emergência. A decisão será tomada até ao final do dia pelo Presidente da República, depois de falar com o primeiro-ministro e já com o parecer positivo do Governo. Portugal regista 160 mortes e 7.443 casos de Covid-19. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias