Coronavírus

Primeira morte em Portugal devido ao coronavírus

MANUEL DE ALMEIDA

Homem tinha 80 anos.

Saiba mais...

A ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou esta segunda-feira a primeira morte em Portugal devido ao coronavírus. Trata-se de um homem de 80 anos que morreu ao início da tarde no Hospital de Santa Maria.

O doente tinha "várias patologias associadas" e estava internado há vários dias, em Lisboa, disse a ministra, que transmitiu as condolências à família e amigos.

Marta Temido disse que era um momento de "pesar e de reflexão", pelo que a conferência de imprensa seria muito curta. A ministra agradeceu aos profissionais de saúde do Hospital de Santa Maria no apoio ao doente e agradeceu também a todos os profissionais de saúde "pelo enorme esforço diário" para garantir que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) continua a funcionar.

Entretanto, o Presidente da República apresentou os seus sentidos pêsames à família da primeira vítima mortal, através de uma nota publicada no site oficial da Presidência.

Os números da Covid-19

Em Portugal, 331 pessoas foram infetadas até esta segunda-feira com o vírus da pandemia Covid-19, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 6.500 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, com mais de 55 mil infetados e pelo menos 2.335 mortos.

A Itália com 1.809 mortos (em 24.747 casos), a Espanha com 297 mortos (8.794 casos) e a França com 127 mortos (5.423 casos) são os países mais afetados na Europa.

Face ao avanço da pandemia, vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Veja também:

  • "Quando estou com os avós sinto-me feliz"

    Desafios da Mente

    As investigações apontam que as crianças que têm avós envolvidos na prestação de cuidados podem ter melhores índices de saúde mental, como uma redução do risco de sintomas depressivos e de comportamentos desviantes, bem como melhor desenvolvimento cognitivo. Em Portugal, o Dia dos Avós celebra-se a 26 de julho. A data foi instituída pela Assembleia da República, em 2003.

    Mauro Paulino