Coronavírus

Medeia Filmes coloca filmes online em "Quarentena Cinéfila"

São exibidos três filmes por semana.

Especial Coronavírus

Medeia

A exibidora Medeia Filmes iniciou hoje uma "Quarentena Cinéfila", com a exibição 'online', regular e gratuita, de vários filmes, a começar por "O estado das coisas", de Wim Wenders.

Na página oficial, a exibidora vai disponibilizar três filmes por semana -- às terças, quintas e sábados -- que podem ser vistos entre as 12:00 e as 24:00 do dia seguinte -, tentando, assim, responder às medidas restritivas por causa da pandemia Covid-19, e que levaram muitos portugueses a isolarem-se em casa.

Este ciclo de cinema começou às 12:00 de hoje com "O estado das coisas", filme que o realizador alemão Wim Wenders rodou em Portugal nos anos 1980 e que lhe valeu um Leão de Ouro no Festival de Veneza em 1982.

Esta semana, a "Quarentena Cinéfila" terá ainda outros dois filmes emblemáticos no percurso de Wim Wenders: "Paris Texas", de 1984, que será exibido na quinta-feira, e "Viagem a Lisboa", de 1994, com Rudiger Vogler e os Madredeus no elenco, que será colocado 'online' no sábado.

A Medeia Filmes, do produtor Paulo Branco, encerrou temporariamente o cinema Nimas, em Lisboa, e cancelou a programação que tinha associada a auditórios e salas de cinema no Porto, Coimbra, Braga, Setúbal e Figueira da Foz.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 180 mil pessoas, das quais mais de 7.000 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje número de casos confirmados de infeção para 448, mais 117 do que na segunda-feira, dia em que se registou a primeira morte no país.

SIGA AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

Veja também: