Coronavírus

Covid-19: Utentes de lar de Famalicão transferidos para hospital militar do Porto

Lar ficou sem funcionários devido ao novo coronavírus.

Especial Coronavírus

Os utentes do lar de Famalicão que no sábado ficou sem funcionários devido à Covid-19 vão este domingo ser transferidos para o Hospital Militar do Porto, revelou à Lusa fonte oficial da autarquia famalicense.

Em causa estão "32 utentes" e um processo que vai começar "brevemente, ainda hoje", estando o transporte entre Famalicão, no distrito de Braga, e o Porto assegurado "por ambulâncias de corporações do concelho [de Famalicão] , no caso dos idosos sem mobilidade, e por viaturas militares", disse a mesma fonte.

A solução para os utentes do lar que ficou sem funcionários depois de os 18 que ali trabalham terem ficado "ou com teste positivo para coronavírus ou em quarentena" foi "concertada entre a Câmara de Famalicão, a Proteção Civil distrital de Braga e as autoridades de saúde", acrescentou.

Veja mais: