Coronavírus

Paulo Fonseca sente-se seguro em Roma

O treinador português em Roma acredita que o pior já passou.

Especial Coronavírus

O treinador português Paulo Fonseca sente-se seguro em Roma. Está a cumprir quarentena desde o passado dia 10 de março e começa a acreditar que as medidas impostas pelo Governo italiano começam a resultar.

Veja também:

  • 1:31
  • Não estou de acordo

    Opinião

    Não estou de acordo com métodos medievais para enfrentar uma pandemia. Se os vírus evoluíram, a organização da sociedade também deveria ter evoluído o suficiente para os combater de outra forma. O recolher obrigatório é próprio dos tempos obscuros e das sociedades não democráticas. Proibir as pessoas de circular na rua asfixia a economia e não elimina a pandemia.

    José Gomes Ferreira