Coronavírus

SAMS reage às críticas do Sindicato Independente dos Médicos 

Presidente do SAMS defende as medidas tomadas.  

Saiba mais...

Em entrevista à SIC, o presidente dos Serviços de Assistência Médico Social, Rui Riso, defendeu as medidas tomadas, que incluíram o uso do regime simplificado de lay-off dos profissionais de saúde.

As declarações surgem depois de o Sindicato Independente dos Médicos pedir que a ministra da Saúde decrete a requisição civil das unidades de saúde da rede SAMS, pertencentes ao Sindicato dos Bancários dos Sul e Ilhas, devido à pandemia do coronavírus.

Em causa está aquilo que dizem ser "o injustificado encerramento de cerca de duas dezenas de unidades de saúde".

Veja também:

  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes