Coronavírus

Covid-19: Número de doentes em cuidados intensivos subiu mais de 50%

MANUEL FERNANDO ARAUJO

Portugal regista 119 vítimas mortais.

Especial Coronavírus

O número de pessoas com Covid-19 internadas nos cuidados intensivos aumentou hoje mais de 50% em relação a sábado, passando para um total de 138 doentes, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os dados da DGS indicam que das 5.962 pessoas infetadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), 486 estão internadas, dos quais 138 em unidades de cuidados intensivos, o que representa um crescimento de 55% face aos números de sábado (eram 89).

Contudo, dos casos confirmados de Covid-19, a grande maioria está a recuperar em casa (5.476).

O boletim epidemiológico de hoje dá conta de 119 mortes associadas ao novo coronavírus em Portugal, 70 das quais de pessoas com mais de 80 anos.

O documento regista ainda 27 óbitos na faixa etária entre os 70 e os 79 anos, 15 entre os 60 e os 69 anos e cinco entre os 50 e os 59 anos. Pela primeira vez foram registados mortos na faixa etária dos 40 aos 49 anos (duas mulheres).

Desde o dia 1 de janeiro, registaram-se 38.042 casos suspeitos, dos quais 5.508 aguardam resultado laboratorial.

Os dados da DGS indicam também que há 26.572 casos em que o resultado dos testes foi negativo e que 43 doentes recuperaram.

A Covid-19, causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, é uma infeção respiratória aguda que pode desencadear uma pneumonia.

Portugal, onde o primeiro caso foi confirmado a 2 de março e que está em estado de emergência até quinta-feira, entrou já na terceira e mais grave fase de resposta à doença (Fase de Mitigação), ativada quando há transmissão local, em ambiente fechado, e/ou transmissão comunitária.

Detetado em dezembro de 2019, na China, o novo coronavírus já infetou infetou mais de 667 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 31.000.

SIGA AQUI AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Veja também:

  • 3:04