Coronavírus

Covid-19: Perda de olfato e de paladar são sintomas comuns na Europa

Ciro De Luca

Um estudo indica que quase metade dos indivíduos recuperou o olfato, num prazo relativamente curto de 15 dias.

Especial Coronavírus

A perda do olfato e do paladar são síntomas frequentes nas pessoas afetadas pela covid-19 na Europa, segundo um estudo coordenado por dois médicos otorrinolaringologistas ligados à Universidade de Mons, na Bélgica.

Este trabalho, realizado em cerca de 417 pacientes infetados (263 mulheres e 154 homens) com o novo coronavírus, mas de forma "não severa", mostra que 86% apresenta problemas de olfato (a maioria não sente mais nada) e que 88% tem problemas de paladar.

Os problemas olfativos surgem, normalmente, ao mesmo tempo do que os sintomas gerais da doença (tosse, dores musculares, perda de apetite e febre) e os sintomas otorrinológicos (dores faciais, nariz entupido).

Mas, por vezes, a perda do olfato ou do paladar ocorre depois dos outros sintomas (em 23% dos casos) ou antes (em 12% dos casos analisados). Sem explicação aparente, as mulheres são mais sujeitas à perda do olfato do que os homens.