Coronavírus

OMS admite uso generalizado de máscaras em países com menos condições de higiene

Tedros Ghebreyesus frisou que as máscaras devem continuar a ser uma prioridade para profissionais de saúde e outras pessoas na linha da frente contra o novo coronavírus.

Especial Coronavírus

A Organização Mundial de Saúde admitiu esta segunda-feira o uso generalizado de máscaras pela população para conter a pandemia da covid-19 em países em que o distanciamento social e as lavagens frequentes das mãos não possam garantidos.

Em conferência de imprensa na sede da organização, em Genebra, o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, afirmou que esta segunda-feira foram emitidas novas orientações para ajudar países a decidir sobre o alargamento das recomendações para uso de máscaras de proteção.

Tedros Ghebreyesus frisou que as máscaras devem continuar a ser uma prioridade para profissionais de saúde e outras pessoas na linha da frente contra o novo coronavírus e alertou que o uso generalizado pode agravar a escassez destes materiais de proteção.

SIGA AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19