Coronavírus

Costa recebe partidos sobre reabertura de escolas 

Ana Geraldes

Ana Geraldes

Jornalista

Reuniões realizam-se durante todo o dia.

Especial Coronavírus

António Costa prometeu uma decisão sobre o 3º período do ano lectivo para quinta-feira, mas antes quis conversar com cada um dos partidos com representação parlamentar.

Todos estiveram na mesma sessão, na terça-feira, no Infarmed e ouviram o parecer dos especialistas em saúde pública sobre a necessidade de manter medidas de isolamento no mês de abril e o risco que o regresso às aulas, depois das férias da Páscoa, potenciaria na contenção do surto. Mas a questão coloca-se agora para depois de abril.

Será possível reabrir em maio? Em que moldes e para todos os alunos ou só alguns? Que alternativa há para a conclusão do ano escolar, nos vários graus de ensino e de que forma podem decorrer exames nacionais e candidaturas ao Ensino Superior? Pode o ano lectivo ser prolongado até aos meses de verão?

Por ordem decrescente de representação parlamentar, os partidos políticos foram começaram a ser recebidos em S. Bento, durante a manhã desta quarta-feira.

Nas reuniões com António Costa - em que está também presente o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro - os dirigentes partidários ouviram as medidas que o Primeiro-ministro vai comunicar ao país, manifestaram as suas posições e dúvidas sobre a forma como este ano escolar vai terminar.

Durante a manhã, foram ouvidos os partidos Iniciativa Liberal, Chega, Os Verdes, PAN e CDS. A ronda de reuniões segue à tarde com delegações do PCP, BE, PSD e PS.