Coronavírus

Morreu o ilusionista alemão Roy Horn, vítima de Covid-19

Tinha 75 anos.

Especial Coronavírus

Roy Horn em 2002

Roy Horn em 2002

JOHN LOCHER / EPA

O ilusionista alemão Roy Horn morreu, esta sexta-feira, vítima de covid-19.

A doença tinha sido diagnosticada há uma semana.

O artista tinha 75 anos. Ficou famoso nos anos 90 com a dupla Siegfried and Roy por espetáculos com leões e tigres brancos. Atuaram durante mais de 30 anos em Las Vegas.

Roy Horn estava afastado dos espetáculos desde 2003, altura em que foi atacado por um tigre no pescoço.

271 mil mortos e 3,8 milhões de infetados no mundo

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou cerca de 271 mil mortos e infetou quase 3,8 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,2 milhões de doentes foram considerados curados.

Portugal com 1.114 mortes e 27.268 casos de Covid-19

Portugal registava na sexta-feira 1.114 mortes relacionadas com a covid-19, mais nove do que na quinta-feira ( 1.105) e 27.268 infetados (mais 553).

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (27268), os dados da Direção Geral da Saúde (DGS) revelam que há mais 533 casos do que na quinta-feira (26.715).

O número de casos recuperados subiu de 2.258 para 2.422, mais 164 do que quinta-feira.

Há 842 doentes internados, 127 encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos.

ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

  • 15:42