Coronavírus

Três membros da equipa de luta contra a Covid-19 da Casa Branca em isolamento

Oliver Contreras / POOL

Incluindo o epidemiologista Anthony Fauci, após uma possível exposição ao novo coronavírus.

Especial Coronavírus

Três membros da equipa de luta contra a Covid-19 da Casa Branca, incluindo o epidemiologista Anthony Fauci, vão ficar em isolamento após uma possível exposição ao novo coronavírus, foi hoje noticiado.

O diretor do Centro de prevenção de doenças infeciosas (CDC), Robert Redfield, e Anthony Fauci, assessor do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiram ficar em quarentena após terem estado em contacto com pessoas contaminadas, noticiaram vários meios de comunicação norte-americanos.

O terceiro responsável em quarentena é o chefe da agência norte-americana para os alimentos e os medicamentos (FDA), Stephen Hahn.

No sábado, a Casa Branca tinha anunciado que a porta-voz do vice-Presidente norte-americano, Mike Pence, Katie Miller estava infetada.

Os Estados Unidos registaram 1.568 mortes causadas pela Covid-19, nas últimas 24 horas, elevando para 78.746 o número total de óbitos desde o início da epidemia, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Até agora, as autoridades norte-americanas identificaram mais de 1,3 milhões de casos no país, oficialmente o mais atingido no mundo pela Covid-19.

Mundo ultrapassou 4 milhões de pessoas infetadas pelo novo coronavírus

Este sábado, o mundo ultrapassou 4 milhões de pessoas infetadas pelo novo coronavírus.

São os números oficiais, registados pelas autoridades sanitárias de 212 países.

Mas os peritos advertem que os dados reais são, seguramente, muito superiores.

Os Estados Unidos continuam a ser, de longe, a nação mais atingida com mais de 1 milhão e 300 mil casos de Covid-19.

Mas o México e a Rússia são os países onde a infeção cresce mais depressa, neste momento.

Portugal com mais 12 mortes e 138 novos casos de Covid-19

Portugal regista este sábado 1,126 mortes relacionadas com a covid-19, mais 12 do que na sexta-feira (1.114) e 27.406 infetados, mais 138 que na sexta-feira (27.268), segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção Geral da Saúde.

Trata-se de uma redução no número de novos casos de infeção no pais. Em 24 horas foram registados mais 138 casos. O numero total subiu assim para 27.406, uma subida de apenas 0,5%, uma evoluçao que fica bem abaixo das registadas nos ultimos dias.

Mas o número de mortes continua a subir: em 24 horas a pandemia fez mais 12 vítimas mortais - um aumento de 1,1%.

  • 15:42