Coronavírus

Universidade do Porto inicia rastreio à Covid-19 a docente e não docentes

Numa segunda fase serão feitos testes ao mais de 30 mil estudantes.

A Universidade do Porto começou a fazer o rastreio serológico para o novo coronavírus.

Numa primeira fase vão ser testados todos os colaboradores que se voluntariem para participar no estudo. Numa segunda fase será a vez dos mais de 30 mil estudantes.

VEJA MAIS NO ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros