Coronavírus

Turismo do Norte espera reversão da decisão do Governo britânico 

Mercado britânico é o quinto na região Norte.  

Especial Coronavírus

O impacto da decisão do Governo britânico em excluir Portugal dos corredores turísticos não vai ser tão significativo no Norte.

Ainda assim, os responsáveis pelo setor do turismo esperam que a medida possa ser revertida.

PORTUGAL CONTINENTAL FORA DO CORREDOR TURÍSTICO DE INGLATERRA

Portugal foi excluído dos "corredores de viagem internacionais" com destinos turísticos que o Reino Unido vai abrir para permitir aos britânicos passarem férias sem cumprir quarentena no regresso.

Portugal, onde foram identificados vários surtos localizados nas últimas semanas, não está na lista de 59 países e territórios hoje publicada, que inclui Espanha, Alemanha, Grécia, Itália, Macau ou Jamaica.

A decisão foi confirmada esta tarde pelo Governo britânico e lista já foi divulgada (consulte).

SANTOS SILVA CRITICA DECISÃO "ABSURDA E INJUSTA" DO REINO UNIDO

Sobre a exclusão de Portugal dos corredores, o ministro dos Negócios Estrangeiros critica a decisão, considerando-a "profundamente injusta", "errada" e um "absurdo".

Em declarações aos jornalistas, esta sexta-feira, Augusto Santos Silva diz que não faz sentido que "um país com os piores indicadores em matéria de pandemia" queira impor quarentena a passageiros provenientes de um "país que tem melhores indicadores".

  • Covid-19. Conselho de Ministros anuncia hoje novas medidas

    Coronavírus

    Portugal resgista este sábado um novo máximo de internados em cuidados intensivos. O Conselho de Ministros está reunido e vai decretar "ações imediatas" de controlo da pandemia. O recolher obrigatório é uma das propostas do Governo. Os EUA continuam a ser o país mais afetado pela Covid-19. No Mundo há registo de mais de 45 milhões de infetados e 1,1 milhões de mortos.

    Ao Minuto

    SIC Notícias