Coronavírus

Portugal vai ter mais de 6 mil milhões de euros de fundos europeus para gerir por ano

É o dobro do valor que o país costuma ter para gastar.  

Saiba mais...

Nunca Portugal recebeu tanto dinheiro da União Europeia.

O valor decidido agora no Conselho Europeu para fazer face à pandemia do novo coronavírus é apenas mais uma parcela daquilo que Portugal já tinha em execução ou que se preparava para receber.

Do programa Portugal 2020 ainda há 12,8 mil milhões de euros para executar até 2023. A isto soma-se o novo quadro comunitário, através do qual o país receberá quase 30 mil milhões de euros até 2027.

Por fim, chegarão os 15,3 mil milhões do fundo de recuperação europeu, a que ainda se podem juntar mais 11 mil milhões em empréstimos.

É mesmo muito dinheiro, quase 60 mil milhões de euros, para um país habituado a gerir, por ano, metade do que agora terá para executar.

O Presidente da República e o primeiro-ministro sublinham que é um enorme desafio até porque Portugal tem tido dificuldades, nos últimos, em executar a tempo os apoios da Europa.

  • Quem és tu, César?

    Extremos

    Quando a investigação da SIC percebeu que a vida publicada de César do Paço poderia ser fruto da imaginação do protagonista, fizemos alguns esforços para conhecer a verdadeira face do empresário. O essencial dessas descobertas será revelado na Grande Reportagem "Cifrões e outros demónios, 2ª edição", último episódio da série "A Grande Ilusão", mas o detalhe dos dois doutoramentos revelamo-lo já aqui.

    Pedro Coelho

  • 0:23