Coronavírus

Profissionais de saúde acusam Bolsonaro de genocídio e de crimes contra a humanidade

Correspondente SIC

Profissionais de saúde acusam Bolsonaro de genocídio e de crimes contra a humanidade

Tribunal da ONU vai analisar se aceita a denúncia.

Especial Coronavírus

Deu entrada no Tribunal de Haia uma queixa contra Jair Bolsonaro. O presidente do Brasil é acusado de genocídico e crimes contra a humanidade.

As entidades denunciam a falta de diretrizes do Governo Federal no combate à pandemia e o facto de o Brasil não ter um responsável no Ministério da Saúde há mais de dois meses.

Também criticam a postura de negação do presidente e fazem uma relação de episódios em que Bolsonaro incentivou a quebra do distanciamento social e a insistência em divulgar um fármaco que as autoridades de saúde não consideram eficaz para o tratamento da doença.