Coronavírus

Reabertura de bares e discotecas. CDS considera plano do Governo bizarro 

Partido fala na descaracterização do setor. 

Especial Coronavírus

O CDS considera bizarro o plano anunciado na quinta-feira pelo Governo para a reabertura dos bares e discotecas por descaracterizar o setor.

Após a segunda reunião com a Associarão de Bares e Discotecas do Porto, Francisco Rodrigues dos Santos pediu o prolongamento do lay-off simplificado e mais garantias ao Governo.

Bares e discotecas podem funcionar como cafés e pastelarias a partir de sábado

Os bares e discotecas, encerrados desde março devido à pandemia de Covid-19, vão poder funcionar a partir de sábado, 1 de agosto, como cafés e pastelarias, seguindo as mesmas regras, anunciou o Governo.

Em conferência de imprensa após a reunião semanal do Conselho de Ministros, em Lisboa, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, explicou que, no contexto da "situação epidemiológica do país mais controlada", foi determinada "a possibilidade de os estabelecimentos que são bares na sua origem funcionarem enquanto pastelarias e cafés, seguindo as mesmas regras de distanciamento que estas instituições têm".

Os bares e discotecas que optem por esta possibilidade podem funcionar até às 20:00 na Área Metropolitana de Lisboa e até às 01:00 (com limite de entrada às 24:00) no resto do território continental, como a restauração.