Coronavírus

Covid-19. Morreu um dos utentes do lar da TAP em Sintra

Há 54 casos ativos neste lar.

Especial Coronavírus

Um dos utentes do lar da Associação de Solidariedade e Apoio Social do Pessoal da TAP, em Sintra, que estava infetado com covid-19, morreu na segunda-feira, disse esta quarta-feira fonte da Administração Regional de Saúde de Lisboa.

Numa nota enviada à agência Lusa, sobre o ponto de situação neste lar, do concelho de Sintra, fonte da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS-LVT) refere que, com este óbito, passam a estar ativos neste estabelecimento 54 casos, entre funcionários (12) e utentes (42).

"Os residentes que permanecem no equipamento estão isolados entre si, pelo que a situação está controlada e a ser devidamente acompanhada pela Autoridade Local de Saúde Pública do ACES Sintra, em colaboração com a direção do lar e a autarquia", acrescenta a nota.

A ARS-LVT refere ainda que, "à data de hoje, estão internadas seis pessoas em enfermaria, todas com situação clínica estável".

A doença foi detetada em 43 utentes, de um total de 83, e em 12 funcionários, de um universo de 51.

Portugal regista mais de 1.700 mortes

Em Portugal, morreram 1.786 pessoas das 54.701 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 781.194 mortos e infetou mais de 22,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.