Coronavírus

Itália regista 1.397 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Antonio Calanni

Autoridades destacam o facto dos novos casos estarem relacionados com o regresso das férias.

Especial Coronavírus

Itália registou 1.397 novas infeções de Covid-19 nas últimas 24 horas, um número ligeiramente superior ao de quarta-feira, e com menos cerca de 10.000 testes realizados em comparação com esse dia.

Foram também contabilizados 10 mortos, depois dos seis de quarta-feira, segundo os dados do Ministério da Saúde.

Com estes números, desde o início da pandemia, o país regista 272.912 contágios e 35.507 mortes.

Os pacientes hospitalizados com sintomas também aumentaram, ultrapassando já os 1.500 em todo o país, assim como os internados em Unidades de Cuidados Intensivos, que são 120, níveis semelhantes aos de final de julho.

A região da Lombardia registou 223 novas infeções, seguida da Campânia e Lácio, com 154 novos casos.

"Dos 11 mil exames que foram realizados hoje na Lácio, houve 154 casos positivos, dos quais 111 em Roma, e um falecimento", afirmou o conselheiro de Saúde regional, Alessio D'Amato.

O mesmo acrescentou que "se confirma a prevalência de casos de regresso (de férias) e mantém-se a ligação com a Sardenha".

Nesta segunda vaga da pandemia, a ilha tornou-se uma das grandes fontes de novas infeções, embora muitos dos casos sejam contabilizados em outras regiões - como Lácio ou Campânia - quando regressam as pessoas que passaram férias na Sardenha.

Enquanto isso, Itália continua a realizar milhares de exames, principalmente em aeroportos e portos, aos quais são submetidas todas as pessoas provenientes de Espanha, Grécia, Malta e Croácia, países considerados de risco.

A pandemia de Covid-19 já provocou pelo menos 863.679 mortos e infetou mais de 26 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.