Coronavírus

Covid-19: Estado australiano de Vitória levanta confinamento

Sandra Sanders

Estado estava em confinamento desde julho.

Especial Coronavírus

O estado australiano de Vitória, epicentro da segunda vaga de covid-19 na Austrália, anunciou esta segunda-feira o levantamento do confinamento a partir de terça-feira, depois de não ter registado quaisquer novos casos nas últimas 24 horas.

Lojas, restaurantes e cafés em Melbourne, capital do estado de Vitória e segunda cidade mais populosa do país, reabrirão à meia-noite de terça-feira, e os habitantes serão novamente autorizados a circular na cidade, anunciaram hoje as autoridades locais.

"Podemos dizer que agora é o momento de abrirmos", disse o chefe de governo de Victoria, Daniel Andrews, visivelmente emocionado, numa conferência de imprensa em Melbourne, recordando que a última vez que o estado registou zero infeções foi em 9 de junho.

O confinamento foi decretado em julho, quando o número de novos casos era de cerca de 190 por dia, número que subiu para 700 em agosto.

Andrews explicou que os quase cinco milhões de habitantes poderão sair às ruas por qualquer motivo a partir da meia-noite de terça-feira.

No entanto, o limite para deslocações num raio de 25 quilómetros, tal como a proibição de sair da cidade, vão manter-se até 8 de novembro, de acordo com a mesma fonte.

Apesar da eficácia das medidas para conter a primeira vaga da doença causada pelo novo coronavírus, Melbourne sofreu um surto de casos no verão, sobretudo devido à negligência em hotéis onde as pessoas regressadas do estrangeiro cumpriram a quarentena obrigatória.

Os cinco milhões de habitantes de Melbourne foram sujeitos a severas restrições, incluindo um recolher obrigatório noturno que foi levantado no final de setembro, após quase dois meses.

Os residentes foram obrigados a permanecer em casa e só podiam circular num raio de cinco quilómetros.

Algumas restrições foram levantadas na semana passada, permitindo aos habitantes jogar golfe ou cortar o cabelo.

A Austrália, com uma população de 25 milhões, teve aproximadamente 27.500 casos desde o início da pandemia e 905 mortes devido à covid-19.

Austrália regista novo caso de reinfeção

Um novo caso de reinfeção por coronavírus foi registado na Austrália. O paciente, que tinha sido diagnosticado com o vírus em julho, voltou a testar positivo. Foi o único teste positivo registado em Melbourne, na passada terça-feira

As autoridades sanitárias australianas estão a analisar o caso. Tanto quanto se sabe, terão surgido, pelo menos, cinco pessoas reinfetadas com Covid-19 no mundo. A comunidade científica diz que são uma gota no oceano das mais de 40 milhões de pessoas que ficaram infetadas com o novo coronavírus desde o início da pandemia