Coronavírus

Covid-19. Governo aprova subsídios às empresas e crédito parcial a fundo perdido

JOSÉ SENA GOULÃO

Diploma visa lançar novos instrumentos de apoio às empresas afetadas pela pandemia.

Especial Coronavírus

O Governo aprovou esta quinta-feira novos apoios às empresas, entre os quais subsídios para micro e pequenas empresas de setores afetados pela crise causada pela pandemia de covid-19 e ajudas que podem ser convertidas parcialmente em crédito a fundo perdido.

"O Conselho de Ministros aprovou hoje [quinta-feira] uma resolução que estabelece um conjunto de medidas destinadas às empresas, no âmbito da pandemia da doença covid-19", lê-se no comunicado divulgado após a reunião do executivo.

O diploma "visa o lançamento de novos instrumentos de apoio à situação de tesouraria das empresas".

Em causa, segundo o Governo, estão "subsídios destinados a micro e pequenas empresas que atuem em setores particularmente afetados pelas medidas excecionais aprovadas no contexto da pandemia da doença covid-19".

Estão ainda previstos "apoios diretos a empresas em determinados setores sob a forma de crédito garantido pelo Estado, com possibilidade de conversão parcial em crédito a fundo perdido mediante a manutenção dos postos de trabalho".

As medidas serão apresentadas às 18:00 pelos ministros de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, do Planeamento, Nelson de Souza, e da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Portugal contabiliza hoje mais 46 mortos relacionados com a covid-19 e 4.410 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.740 mortes e 161.350 casos de infeção, estando hoje ativos 67.157 casos, mais 1.857 do que na quarta-feira.

A DGS indica que das 46 mortes registadas nas últimas 24 horas, 20 ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, 17 na região Norte, oito na região Centro e uma no Alentejo.

Veja também: