Coronavírus

Estado de emergência. “Porque é que algumas destas medidas não foram tomadas há mais tempo?” 

A questão é feita pelo comentador da SIC Paulo Baldaia.

Especial Coronavírus

O comentador da SIC, Paulo Baldaia, considera que as medidas tomadas no Conselho de Ministros deveriam estar em vigor há mais tempo por causa do elevado número de infeções.

"A situação é bastante grave, quer pelo número de casos, mas sobretudo pela pressão que está a causa no Serviço Nacional de Saúde"

Conheça aqui as novas medidas do estado de emergência

No final do Conselho de Ministros extraordinário que aprovou as medidas que regulamentam o estado de emergência que vigoram entre segunda-feira e 23 de novembro, António Costa admitiu que as medidas que restringem a liberdade de circulação à noite e aos fins de semana a partir das 13:00 são "duríssimas" para os cidadãos, bem como para a restauração e o comércio.

"Estamos a falar dos próximos dois fins de semana, se todos cumprirmos estritamente estas medidas nós seguramente conseguimos achatar esta curva, controlar a pandemia", afirmou o primeiro-ministro, reiterando o objetivo de ter um Natal "o mais normal possível".