Coronavírus

Covid-19. Pico deverá ocorrer “entre 25 de novembro e 5 de dezembro”

A previsão é do matemático Carlos Antunes.

Saiba mais...

Carlos Antunes, matemático e professor na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa determinou, em conjunto com Manuel Carmo Gomes, professor de epidemiologia na Universidade de Lisboa, que o pico da nova vaga da Covid-19 será registado entre as próximas duas semanas e, a nível de óbitos, em meados de dezembro.

Em entrevista à SIC Notícias, o matemático explicou que o risco de transmissão - o chamado R, que indica o número médio de pessoas que cada doente contagia – se encontra numa tendência de aproximação a 1.0. Para além disso, a taxa de variação média de novos casos encontra-se na ordem dos 2,7%, o que significa que diariamente há um aumento de 2,7% de infetados.

É com esses indicadores que Carlos Antunes consegue apontar o período de ocorrência do pico desta segunda vaga, que aponta para entre dias 25 de novembro e 5 de dezembro. Explica, ainda assim, que o pico pode não correr num só dia, transformando-se num planalto e estendendo-se no tempo.

A nível de casos diários aponta que poderão, nesse pico, chegar aos 7.700 e a letalidade a um intervalo de 90 a 100 óbitos diários.

Veja também:

  • 3:26