Coronavírus

Covid-19. Profissionais de saúde que suspendam férias serão compensados financeiramente

Por cada bloco cinco dias de férias, os profissionais de saúde recebem um dia extra.

Especial Coronavírus

Os profissionais de saúde que não gozarem férias devido à Covid-19 serão compensados financeiramente. O anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Marta Tendo, na entrevista à SIC.

As férias não gozadas poderão transitar durante mais tempo, e por cada bloco de cinco dias os profissionais de saúde obterão mais um dia que poderá ser compensado financeiramente, caso assim o desejem.

Para além disso, ficou decidido no Conselho de Ministros que os hospitais vão passar a ter autonomia para contratarem médicos para os quadros até ao final do ano. Este regime excecional de contratação abrangerá apenas os médicos de três especialidades – anestesiologia, medicina interna e cuidados intensivos.

Para os restantes profissionais, a opção será continuar com os contratos de quatro meses renováveis que as administrações hospitalares têm permissão para fazer desde o início da pandemia.

  • 0:43