Coronavírus

Covid-19: EUA com mais 1.137 mortos e 168 mil casos num só dia

Shannon Stapleton

Nova Iorque já não é o estado com o maior número de infeções pelo novo coronavírus, mas continua a ser o que regista o maior número de mortes, 34.119.

Os Estados Unidos registaram 1.137 mortos e 168.193 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo a contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

O total de óbitos desde o início da pandemia cresceu para 256.725 e o de casos para 12.219.446.

O Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington estimou que até ao final do ano os Estados Unidos vão atingir as 320 mil mortes até ao final do ano e 440 mil até 01 de março.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos e também com mais casos de infeção confirmados.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 1.381.915 mortos resultantes de mais de 58,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Veja também:

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros