Coronavírus

Covid-19. “Partimos do princípio que a vacina é ótima com base em comunicados”

Hélder Mota Filipe considera que é preciso manter “uma confiança prudente” e esperar pela publicação dos artigos científicos.

Especial Coronavírus

São três as vacinas que divulgaram bons resultados na última fase dos ensaios clínicos. Hélder Mota Filipe, professor na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, defende que de se deve olhar para os resultados das vacinas contra a Covid-19 com “uma confiança prudente”.

“Os resultados são bons, são animadores. É melhor que as vacinas tenham demonstrado uma eficácia elevada daquilo que se consegue saber até agora. No entanto, é preciso que estes dados se confirmem. E daí a prudência”, disse o professor no 22:01.

Quando as resultados que foram conhecidos – e que apontam para uma eficácia que vai de 90% no caso da vacina desenvolvida pela Pfizer até 94,5% para a Moderna – o especialista considera “ridícula” a batalha entre as farmacêuticas porque “estatisticamente não há diferença absolutamente nenhuma”.

Para além disso, Hélder Mota Filipe destaca que os dados têm sido revelados através de comunicados das empresas e não pela publicação dos artigos em revistas científicas, para poderem ser verificados pelos pares independentes.

“Partimos todos do princípio que a vacina é ótima, que está tudo a ser praticamente aprovado com base em press releases do próprio interessado acho que é uma má base para a discussão e para as decisões porque temos de esperar que os dados sejam publicados”, sublinha.

Hélder Mota Filipe reforça que não se pode “embarcar nestes otimismos que são pouco responsáveis”.

  • 4:11