Coronavírus

Empresários da restauração cumprem terceiro dia de greve de fome

Continua o protesto frente à Assembleia da República.

Cerca de 20 empresários da restauração, bares e discotecas continuam em greve de fome, em tendas instaladas em frente à Assembleia da República.

Este domingo marca o terceiro dia do protesto e os empresários dizem que estão a sentir alguma fraqueza, mas prometem não desistir.

Pedem a isenção da taxa social única até ao final de 2020 e o fim do recolher obrigatório aos fins de semana a partir das 13h00.

Mas a principal exigência é uma reunião com António Costa ou com o ministro da Economia.