Coronavírus

Covid-19. Hospitais britânicos estão prontos para começar a administrar a vacina

Os idosos com mais de 80 anos e os profissionais de saúde serão os primeiros a ser vacinados.

O regulador britânico do medicamento deu, esta quarta-feira, luz verde à distribuição da vacina da Pfizer e da BioNTech. O anúncio foi confirmado também pelo Governo, fazendo do Reino Unido o primeiro país a aprovar uma vacina contra a covid-19.

No Twitter, Boris Johnson enalteceu o que considera ser um feito fantástico. Para o primeiro-ministro britânico, com esta vacina será possível recuperar a normalidade.

O Reino Unido comprou 40 milhões de doses desta vacina, podendo começar a ser administradas já na próxima semana para os casos mais urgentes. Apesar da lista final de prioridades ainda não ter sido publicada, os idosos com mais de 80 anos e os profissionais de saúde serão os primeiros a tomar a vacina, avança a BBC.

A administração do fármaco da Pfizer e da BioNTech será feita nos hospitais e centros de vacinação que já estão prontos para iniciar o serviço.

Para além desta vacina, o Reino Unido deverá também aprovar a vacina da farmacêutica norte-americana Moderna nos próximos dias. Ambas as vacinas demonstraram a mesma eficácia nos ensaios clínicos.

A aprovação da vacina não significa, no entanto, o descuido das regras que têm sido implementadas até agora. Os especialistas alertam a população que o uso de máscara, o distanciamento social e a higienização frequente das mães deverá continuar a ser aplicada.