Coronavírus

Ministra da Saúde e secretários de Estado com teste negativo à covid-19

TIAGO PETINGA

Testes realizados depois de a diretora-geral Graça Freitas ter testado positivo para a doença.

Saiba mais...

A ministra da Saúde Marta Temido não está infetada com o novo coronavírus. Em comunicado, o Ministério da Saúde avança que também os dois secretários de Estado da Saúde testaram negativo.

Marta Temido e o marido Jorge Simões, antigo presidente do Conselho Nacional de Saúde, foram testados na noite passada depois de se saber que a diretora-geral da Saúde Graça Freitas está infetada.

Secretários de Estado da Saúde também testaram negativo

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, e o Secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, testaram negativo para a infeção por SARS-CoV-2, segundo o comunicado.

"Os governantes do Ministério da Saúde realizaram teste de rastreio à Covid-19 ontem [terça-feira] à noite, dia 1, na sequência de identificação de contacto com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, e não foram considerados contactos de alto risco pelas autoridades de saúde".

MIGUEL A. LOPES

Graça Freitas testou positivo para a covid-19

Em comunicado enviado às redações esta manhã, a Direção-Geral da Saúde confirma que a diretora-geral está em isolamento e com sintomas ligeiros da doença.

Ao jornal Expresso, Graça Freitas explicou que foi testada na noite passada, depois de ter estado em contacto com uma pessoa infetada.

"O rastreio de contactos pela Autoridade de Saúde Regional está atualmente em curso, para identificar todas as pessoas potencialmente expostas", refere em comunicado a DGS.

A habitual conferência de imprensa diária sobre os dados da Covid-19 em Portugal foi hoje cancelada.

MIGUEL A. LOPES

Portugal ultrapassou 300 mil casos de infeção

Portugal registou na terça-feira mais 2.401 casos de infeção e mais 72 mortes associadas à doença covid-19, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde.

Desde o início da pandemia morreram em Portugal 4.577 pessoas, dos 300.462 casos de infeção confirmados.

Havia menos 4 doentes internados nas Unidades de Cuidados Intensivos, totalizando 521. Em relação aos internamentos em enfermaria, havia menos 67 pessoas internadas, totalizando agora 3.275.

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 08 de dezembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, enquanto nos fins de semana e feriados a circulação está limitada entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo, e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global