Coronavírus

Covid-19. Vacinação no Hospital de Évora arranca na terça-feira

Amir Cohen

Hospital já recebeu cerca de 350 vacinas.

Saiba mais...

O Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) anunciou esta segunda-feira que começa na terça-feira, às 09:00, a vacinar os profissionais de saúde contra a covid-19, tendo já recebido cerca de 350 vacinas.

O HESE "recebeu as vacinas contra a covid-19, pelas 18:40" de hoje, e estas "começarão a ser administradas a partir de amanhã", ou seja, na terça-feira, revelou a unidade hospitalar, em comunicado.

Nesta 1.ª fase, "prevê-se a administração de cerca de 350 vacinas. Prevê-se que esteja concluído até dia 31 de dezembro", isto é, até quinta-feira, indicou.

"Este é um sinal de esperança e uma notícia muito positiva que todos aguardávamos", congratulou-se hoje a presidente do conselho de administração do HESE, Maria Filomena Mendes.

A responsável destacou que, "após quase um ano de combate a esta pandemia" provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, a qual "continua ativa, este é um momento de alento".

Um momento que "reforça as nossas energias para continuar", acrescentou Maria Filomena Mendes.

Já foram vacinados mais de 4.800 profissionais de saúde

A vacina contra a covid-19 já foi administrada em 4.828 profissionais de saúde, avançou a ministra da Saúde, Marta Temido, com base no sistema de registo de vacinas.

"Números de ontem ao final do dia do sistema Vacinas indicavam que já 4.828 doses tinham sido administradas a profissionais nestes centros hospitalares: centro hospitalar universitário de São João, centro hospitalar universitário do Porto, centro hospitalar universitário de Coimbra, centro hospitalar universitário de Lisboa Central e centro hospitalar universitário Lisboa Norte", afirmou.

Segundo a governante, a segunda entrega de doses da vacina da Pfizer-BioNTech vai permitir estender o processo de vacinação para "outros hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) - com exceção de alguns hospitais especializados que não receberam doentes covid e que não têm nesta fase critérios de elegibilidade - e também para os agrupamentos de centros de saúde".